Perguntas Frequentes

Oxigenoterapia Hiperbárica

Dúvidas frequentes sobre o tratamento.
  • QUANTAS SESSÕES TEREI QUE FAZER?

    O número de sessões a que o paciente deve ser submetido varia conforme a doença, condição clínica do paciente e evolução durante o tratamento. No geral são necessárias de 10 a 20 sessões para se obter uma resposta satisfatória. Entretanto, dependendo da evolução e da gravidade, podem ser necessárias mais sessões.

  • QUAIS OS EFEITOS COLATERAIS E COMPLICAÇÕES DA OXIGENOTERAPIA HIPERBÁRICA?

    A oxigenoterapia hiperbárica é um tratamento seguro e eficaz . Respeitando-se as normas de segurança, os efeitos colaterais são mínimos e o tratamento na câmara hiperbárica é perfeitamente bem tolerado, indolor na imensa maioria dos casos, e sem nenhum desconforto. Alguns pacientes podem apresentar algum desconforto no ouvido, facilmente revertido pela manobra de valsalva (realizada ao se exalar forçadamente o ar contra os lábios fechados e nariz tapado, forçando o ar em direção ao ouvido).

    As complicações decorrentes do tratamento são raras (menos de 3%). Quando as mesmas se instalam, são na maioria dos casos, reversíveis com a descontinuidade do tratamento. As mais frequentes são: barotrauma no ouvido e seios nasais, intoxicação pelo oxigênio, convulsões, toxicidade pulmonar, alterações refrativas da visão.

  • EXISTEM CONTRAINDICAÇÕES AO TRATAMENTO EM CÂMARA HIPERBÁRICA?

    Existem apenas quatro condições que impossibilitam o paciente de se submeter ao tratamento em câmara hiperbárica: pneumotórax não tratado e durante a administração dos quimioterápicos doxorrubicina e bleomicina e a medicação Sulfamylon.

  • PLANOS DE SAÚDE COBREM ESSA TERAPIA?

    O procedimento OXIGENOTERAPIA HIPERBÁRICA consta listado no Anexo I da RN nº 428, de 2017, e deve ser obrigatoriamente coberto por planos de segmentação hospitalar (com ou sem obstetrícia) e por planos-referência.

  • COMO FAÇO PARA SABER SE A OXIGENOTERAPIA HIPERBÁRICA ESTÁ INDICADO NO MEU CASO?

    Entre em contato conosco e se a recepcionista não souber lhe responder, ela te colocará em contato com um de nossos médicos para esclarecimento.

  • PRECISA RETIRAR O CURATIVO DENTRO DA CÂMARA DURANTE AS SESSÕES?

    Não. Todos os pacientes entram nas câmaras com a lesão coberta pelo curativo. O oxigênio chega na ferida depois de passar pelos pulmões, dissolverem-se no plasma, distribuirem-se por todos os tecidos do corpo. Portanto, chega na lesão por via interna.

Na câmara hiperbárica
o paciente respira oxigênio 100% puro,
a pressão maior que a atmosférica!